Volver a Cancionero



A Voz Do Violão,Acorde Guitarra, Letra Tabladura, Cancionero Tuna


.

A Voz Do Violão

Autor:

01 Tuna España ,Universidad Murcia ,Rector Cobacho, Vicerrectora ,Don Dudo,Tuna universitaria, tunos.com, certamen tuna

Interpretan: TunaEspaña, Francisco Alves

TunaEspaña (Don Dudo) www.TunaEspaña.es  

Ritmo:

.


      E             F#m6    B7/9          E 
Não queiras,    meu amor,         saber da mágoa 
                   C#7            F#m  C#7  F#m 
que sinto, quando a relembrar-te estou. 
  A                A#º           E    D7   Db7 
Atestam-te os meus olhos rasos d'água 
   F#/A#           B/A          E   B7/9 
a dor que a tua ausência me causou. 

    E           F#m6    B7/9       E 
Saudades     infinitas         me devoram, 
                 C#7            F#m   C#7   F#m 
lembranças do teu vulto, que nem sei... 
     A           A#º         E    D7   Db7 
Meus olhos incessantemente choram 
    F#/A#       B/A          E   B7/9 
as horas de prazer que já gozei. 

   D#º            G#7         C#m  C#m7M  C#m7  A#m7/5- 
Porém, neste abandono interminável, 
      F#           B7        E 
no espinho de tão negra solidão, 
    C#7/9-         C#7         F#7/9 
eu tenho um companheiro inseparável 
    F#m7           B7/9     E    F#m6  B7/9 
na voz do meu plangente violão. 

    E           F#m6  B7/9           E 
Deixas-  te-me sozinho,      e lá, distante, 
              C#7          F#m  C#7  F#m 
alheia à imensidão da minha dor, 
    A                A#º             E     D7   Db7 
esqueces que ainda existe um peito amante, 
      F#/A#        B/A       E   B7/9   E 
que chora o teu carinho sedutor. 

     E                F#m6  B7/9       E 
No azul   sem fim do espaço        iluminado, 
                C#7        F#m  C#7  F#m 
ao léu do vento frio, se desfaz 
     A             A#º        E     D7   Db7 
as queixas de um amor desesperado, 
       F#/A#          B/A         E   B7/9   E 
que o peito em mil pedaços se desfaz. 

   D#º 
Porém...

 

Tags: , , , , , , , , , , ,

Comments are closed.

Volver a Cancionero